Imagem relacionada Imagem relacionada Imagem relacionada Imagem relacionada  9west  -  Verdadeira Country Music  Imagem relacionada Imagem relacionada Imagem relacionada  Imagem relacionada  

PUBLICIDADE
Os Vencedores Do CMA Awards
17/11/2018 11:28 em Novidades
 
 
Chris Stapleton se divertiu em uma noite de comemoração em Nashville ao levar para casa três vitórias no “The 52th Annual CMA Awards”, enquanto Keith Urban aqueceu os corações com sua emocionante aceitação do cobiçado troféu Entertainer of the Year. A noite mais importante para a Country Music foi apresentada pelo 11º ano consecutivo por Brad Paisley e Carrie Underwood e transmitida ao vivo direto da Bridgestone Arena em Nashville na quarta-feira, 14 de novembro, na ABC Television Network.
 
Garth Brooks começou a noite com um tributo tocante àqueles afetados pela tragédia de Thousand Oaks, dizendo: “O show de hoje é carinhosamente dedicado aos 12 indivíduos que perdemos muito cedo apenas uma semana atrás hoje à noite no Borderline [Bar & Grill] em Thousand. Oaks, CA. Esta noite vamos celebrar suas vidas, deixar a música nos unir com amor em sua memória duradoura, então, por favor, junte-se a mim agora em um momento de silêncio. ”
 
Luke Bryan abriu o CMA Awards, tocando “What Makes You Country”, e deu as boas-vindas aos recém-chegados Luke Combs, Lindsay Ell, Chris Janson, Ashley McBryde, Jon Pardi e Cole Swindell. Ell triturou durante seu solo de guitarra, Janson no acordeon, e Combs, McBryde, Pardi e Swindell juntaram-se aos vocais antes de todos os sete artistas se unirem ao palco para fechar a primeira apresentação da noite.
 
Carrie Underwood revelou o sexo de seu segundo filho mas o nome ainda é segredo,  enquanto Brad Paisley chamou ao palco uma agradável surpresa: Mason Ramsey, 12, um garoto prodígio sensação na Music City, que canta no estilo do "yodel".
 
Stapleton e Mike Henderson receberam o prêmio Canção do Ano por “Broken Halos” dizendo: “Eu não esperava esse… eu escrevi com um dos meus queridos amigos e heróis”. Ele então agradeceu à sua esposa, família e estrelas da sorte que ele consegue morar em Nashville, onde "todas essas coisas legais acontecem."
 
Jason Aldean e Miranda Lambert subiram ao palco para uma performance sincera de “Drowns The Whiskey”.
 
Tivemos um Luke Combs chocado e emotivo que aceitou o prêmio de Novo Artista do Ano, agradecendo a sua mãe, pai, namorada e família, terminando com “Deus, eu amo Música Country, cara”.
 
Thomas Rhett levou os espectadores através de "Life Changes", quando foi do palco para junto da platéia com a Banda da Escola Ravenwood de Williamson County, TN formando um corredor polonês.
 
Dan + Shay nos apresentaram seu sucesso "Tequila" música que chegou também ao topo das paradas "adulto contemporâneo".
 
Stapleton subiu ao palco novamente para aceitar sua segunda vitória da noite de Single of the Year com os produtores Dave Cobb e o engenheiro de mixagem Vance Powell, por “Broken Halos” e disse: “Nós escrevemos essa música sobre pessoas que continuaram muito antes de sua estréia. tempo… e eu quero estar pensando sobre as pessoas na Califórnia agora, pois estamos aceitando este prêmio e queremos dedicar isso a eles ”.
 
Lauren Alaina nos deu "A Lesson in Leavin" com uma linda homenagem a lenda da música country Dottie West no meio da platéia, reconhecendo a recente participação de West no Hall da Fama da Música Country.
 
Kelsea Ballerini convenceu todos a esquecer seu "Ex-Boyfriend" durante sua performance eletrizante de "Miss Me More", o novo single.
 
O Old Dominion trouxe as vibrações do motel, sinais de néon brilhantes e tudo, para o CMA Awards com seu sucesso de verão “Hotel Key”.
 
A expressão de choque nos rostos da banda Old Dominion disse tudo enquanto eles subiam ao palco depois de ganhar o Vocal Group of the Year pela primeira vez, certificando-se de agradecer aos seus fãs, compositores e todos aqueles que acreditam no que estão fazendo. 
 
Brett Young de certo fez muita gente chorar em sua apresentação intimista de  “Mercy” numa  performance crua e cheia de emoção sentado sozinho em um banquinho no meio do público, 
 
O ganhador do prêmio Artista Novo, Luke Combs compartilhou uma história durante sua performance de “She Got The Best of Me”.
 
Keith Urban fez uma performance elétrica de “Never Comin Down” a 3 metros de altura do palco, com uma silhueta de sua banda e um final bem roqueiro.
 
Ricky Skaggs e sua banda Kentucky Thunder levaram os espectadores a uma jornada de uma música clássica para outra, começando com "Black Eyed Suzie" antes de Keith Urban e John Osborne fazerem uma aparição surpresa para "Highway 40 Blues". Skaggs e sua banda foram  acompanhados pelos jovens instrumentistas Sierra Hull no bandolim e Carson Peters no violino e depois por Brad Paisley que se juntou na guitarra e Marty Stuart todos dando um verdadeiro show de "Bluegrass".
 
O trio Midland fez sua estreia no CMA  homenageando o compositor Jerry Reed e a lenda de Hollywood Burt Reynolds, falecido em setembro passado, com uma performance sensacional de “East Bound and Down”.
 
Kacey Musgraves ficou impressionada quando seu último lançamento, Golden Hour, foi contemplado como Álbum do Ano. Ela agradeceu aos produtores, à gerência, aos fãs e à sua família. 
 
Garth Brooks apresentou a estréia mundial de sua nova música "Stronger Than Me", escrita sobre sua esposa Trisha Yearwood, dando-nos um vislumbre de seu casamento de quase 14 anos. 
 
Brothers Osborne receberam o prêmio de Duo Vocal do Ano brincando: "Não sabemos por que continuamos ganhando isso ... pensamos que isso iria para Dan + Shay. E se estivéssemos na Flórida, haveria uma recontagem". em alusão aos fatos da eleição presidencial.
 
Dierks Bentley e Brothers Osborne comandaram o palco com um poderoso dueto de "Burning Man".
 
A estreia na televisão de Brad Paisley de sua nova música "Bucked Off" foi preenchida com cowboys de rodeio, um solo de violino, a sempre épica performance de Paisley acenando para o herói George Strait.
 
Mais um prêmio para Chris Stapleton dessa vez Voz Masculina do Ano: "Estou muito orgulhoso deste prêmio, e eu tentei realmente ser um bom cantor" antes de agradecer aos seus filhos que "suportam ele ter ido um pouco e não chegar a ser um pai tão bom como eu sempre gostaria de ser ”antes de dizer a eles que os ama e agradece por“ compartilhá-lo com todas essas pessoas ”.
 
Eric Church fechou o CMA Awards com uma performance de alta energia e sucesso de seu single "Desperate Man".
 
Encaminhando-se para o final Carrie Underwood emocionada subiu ao palco para aceitar o prêmio de Voz Feminina do Ano, agradecendo a sua família, sua família Country Music e continuando: “Obrigado, Deus, eu fui tão abençoado em minha vida”.
 
Por último Keith Urban, em estado de choque total ao ganhar Entertainer of the Year, agradeceu a sua esposa Nicole Kidman e mal conteve as lágrimas como ele reconheceu todos em sua equipe.
 
“O 52º Annual CMA Awards” foi uma produção da Country Music Association. Robert Deaton é o produtor executivo, Gary Halvorson é o diretor, e David Wild é o escritor principal.
 
Fonte: CMA

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!